segunda-feira, 20 de abril de 2009

Castração de cães e gatos - não é uma maldade?

Imagem retirada de http://www.ccad.com.br/index.htm. Não, não é. É saúde. Maldade é fechar os olhos para os problemas que a falta de castração está causando aos animais todos os dias: A procriação em massa: cães que estão na rua procriam desenfreadamente. Uma cadela dá cria a meia-dúzia de filhotes, duas vezes por ano. Pelo terceiro ano, soma-se mais de 300 cães nascidos daquele primeiro casal. Castrá-los seria a solução, ajudaria a não aumentar esse grande número de cães abandonados. Ok, resolvemos o problema daquele casal. Mas e o do seu cão ou cadela, que vive na sua casa? Um passeiozinho por semana por aí na rua é o suficiente para seu cão voltar para casa sendo papai ou sua cadela com surpresinhas que serão vistas daqui a algumas semanas. Ah, mas você sempre conseguiu doar os filhotes da sua cadelinha? Que bom, muito bom mesmo, você deve ter uma boa rede de amigos que se interessam pelos filhotes. Mas essa não é a realidade que centenas de cães e seus protetores enfrentam diariamente. Faltam adotantes. Faltam donos responsáveis. Que tal ajudar esses cães abandonados a terem um lar naqueles lares que os filhotes da sua cadela iriam mais uma vez? "Devo cruzar meu cão/minha cadela?", descubra lendo esse texto clicando aqui. As doenças: sim, a castração evita doenças, principalmente cânceres e tumores. [Atualização em set/2009] Veja a foto desta cadelinha com câncer: Além dos cânceres, outra doença é a tal da gravidez psicológica, que de bonitinha não tem NADA. Saiba mais sobre a DOENÇA da gravidez psicológica clicando aqui. Além disso, "fêmeas castradas antes de atingir a puberdade tem o risco de desenvolver câncer de mama reduzido a praticamente ZERO e ficam totalmente livres dos riscos de contrair câncer e infecção de útero e ovário."- leia mais nessa matéria super completa da Cláudia Pizzolato (clique aqui). A ignorância dos donos em relação ao assunto: o seu cão/cadela NÃO GOSTA DE SEXO, ele não procria por prazer, mas por instinto! Tanto que eles apenas procriam quando a cadela está no cio. SE eles tivessem desejo sexual, procriariam com muito mais frequencia, não acha? E sua cadela NÃO SENTE NECESSIDADE DE SER MÃE. Por mais que elas façam lindamente o papel de mãe zelosa após uma cria, igualmente, é apenas seu instinto. A esterilização de seus órgãos reprodutivos não é uma mutilação. Médicos veterinários formados, que aprenderam e que executam esta atividade há dezenas de anos não estão agindo contra a natureza. Pelo contrário. Agir contra a natureza é permitir que os cães sofram com o abandono.
Achar que a CASTRAÇÃO nos animais vai contra os princíprios da vida, é o mesmo que achar que camisinha, pílula ou ligação das trompas também é errado nos HUMANOS!
Não seja hipócrita! A menos que você não use/usará nenhum método contraceptivo e terá mais e mais filhos, pode achar que seus cães também podem ter mais e mais filhotes. Assim como nos humanos, a natalidade dos animais também deve ser controlada. Não fique com pena do seu cão macho, que não deixará de ser macho por ser esterelizado. Macho que é macho assume suas responsabilidades e toma ações igualmente responsáveis. E nem pense em dar pílulas ou injeções em sua cadela. Isso só piora a sua saúde. Cães fujões: quando cadelas estão no cio ou quando machos sentem (à quilômetros de distância) o cheiro de cadelas no cio na rua, seu instinto de fazer o que a natureza está mandando é maior do que qualquer coisa. Sei de casos em que os cães se jogam nas lanças das grades e se ferem profundamente só para poder dar uma escapadinha. Portanto, a castração evita tanto reformas no lindo portão da sua casa quanto fugas inesperadas do seu cão - podendo, além disso, causar uma perda eterna do seu/sua peludo(a). Em macos, além de diminuir as fugas em 94% dos casos, a castração comprovadamente também diminui: E muuuuito, muito mais, que pode ser visto aqui: no post "Mitos e Verdades sobre a Castração de Cães", ou no "Desmitificando a Castração", do site Mãe de Cachorro.
Aqui, outra imagem bem bacana que peguei lá do site do OBAFloripa:
Só não castra quem não se informa. Quer ficar mais esperto sobre o assunto e acabar de vez com idéias erradas sobre isso? Veja todos os posts da Ana Corina sobre castração clicando aqui.
Quem AMA, CASTRA! (clique aqui)
Tradução livre:
Quando você deixa seu animal de estimação trazer animais indesejáveis ao mundo... adivinhe quem paga.
Previna uma ninhada. Esterelize ou castre seu animal de estimação.

8 comentários:

Anônimo disse...

Oi amigos
Em minha casa tenho 4 gatos machos e 2 fêmeas, castrados.
São muito mais saudáveis e dóceis e com certeza não estão por aí aumentando a população de gatos.
A cada nova castração sempre tinha um idiota que falava:"mas que maldade castrar o bichinho"! No que eu respondia: tenho pena sim dos pobres filhotinhos abandonados pelas ruas.
Se pelo menos uma pequena parte dos donos de gatos e cachorros os castrassem, teríamos um mundo com menos sofrimento.

Rosi

Não Compre, Adote disse...

É isso mesmo, Rosi! Antes de acharmos que é crueldade, temos que botar a mão na consciência e ver o quanto que estamos colaborando para este cenário de abandono, descaso, medo, fome e doenças dos cães e gatos de rua por aí.

Como uma frase que ouvimos bastante na proteção animal: não faça parte do problema, faça parte da solução!

Não adianta reclamar que "as autoridades" não fazem nada se não fizermos a NOSSA parte!

Parabéns pela consciência e por passar esses valores!

Abraço!
Priscila

ANGÉLICA disse...

preciso de ajuda para castrar uma cadela mestiça a pastor alemao´que adotei da rua.há dois meses ela ganhou uma ninahada de 12 filhotes´dos quais 4 sobreviveram,mas agora ela e os filhotes estão com sarna demodécia e precisam ser castrados;naõ tenho condiçoes,apenas boa vontade e amor por eles.moro em novo hamburgo,se alguém quiser me ajudar com castraçao a baixo custoou qualquer outra coisa...eles agradecem... meu fone:51 91872494 atenciosamente Agélica nekaltenhofen@hotmail.com

adoçao de animais disse...

oi gente tenho uma pastora alemã de 3 meses, ela nao comeu nada dia 03/12/2009 dia 04/12/2009 dia 05/12/2009 hoje oque eu faço?

Não Compre, Adote disse...

Oi! Você deve levá-la URGENTE a um veterinário! Um cãozinho novinho assim NÃO pode ficar muito tempo sem comer. Tente dar frango cozido sem sal nem nenhum tempero, geralmente eles aceitam bem, até que ela vá ao veterinário.

NÃO é normal o cão não se alimentar, ele deve estar com alguma doença que está causando dor, que deixa sem fome, e a falta de água e comida só piora a situação!

Leve ela ao vet HOJE MESMO!!

Celly disse...

Oi....
Eu tinha uma mini poddle cinza,baybe, de 6 anos, era como se fosse minha bebezinha. A veterinaria falou p castrá-la pois poderia desenvolver cancer, e assim decidimos castrá-la p ñ haver problemas futuros. A cirurgia foi feita no dia 20/01/2011, ela passou muito mal, levamos p o hospital e no dia 21 às 17:30hs, ela faleceu.....o veterinário do hospital falou q p castrar é necessário fazer exames, o q ñ foi feito pq ñ foi pedido....estou fazendo este comentário, pois ñ desejo q aconteça isto c outros animais e c outras pessoas... é muito sofrimento...um dia ela estava ali, toda linda e feliz e agora ñ está mais.....sei q vai passar...

Priscila Coelho - Adote, Não Compre! disse...

Oi Celly

Poxa, sinto muito pela tua cachorrinha :( Realmente a castração é uma cirurgia e por isso tem riscos. Mas a gente nunca está preparada para passar pelo pior, né?

A castração evita tantos problemas que podem acontecer que geralmente optamos por passar por esse risco. Afinal, castração é um procedimento tão usual para tantos veterinários que a diminuição do risco de câncer, de problemas no parto, da exposição a outros cães quando estás no cio, da gestação psicológica... acaba valendo a pena. Mas realmente para ser bem feita, o vet tem que se precaver avaliando se ela estaria em condições de saúde para poder passar pela anestesia e cirurgia. E isso é um procedimento que cada vet deve tomar.

Obrigada por compartilhar isso aqui com a gente, Celly. Espero que consigas superar essa dor logo.

Um abraço,

Priscila Coelho

Newton Nazareth disse...

Olá, quero deixar bem claro que não estou desinformado a respeito da situação penosa dos animais urbanos, nem penso que a esterilização seja uma maldade e muito menos considero que a relação sexual seja uma diversão.
A discussão é sobre o tamanho inimaginável da nossa responsabilidade para com nossos companheiros de jornada planetária, que presentemente encontram-se em estágio animal de evolução, os cães e gatos urbanos.
Amigos planejadores: A castracao em massa é uma intervencao especista (planejamento populacional, imposto 'a priori' por uma espécie dominante e sem base em processos naturais de seleção) que, se disseminada com o êxito desejado e aumentando em progressão geométrica, poderia levar em poucas décadas (sim, poucas) à extincao das referidas espécies.
E nós nem vamos estar aqui para tentar reverter o processo...
No mundo espiritual, há uma fila imensa de animais (desculpe, se você porventura desconhece a realidade espiritual, mas ela faz parte de tudo e de todos) esperando a oportunidade do nascimento aqui mesmo, neste mundo caótico e violento, apesar de zelosos seres humanos procurarem impedir este sofrimento julgado desnecessário...
Se exitosa a medida com os animais, por que não estudar a sua aplicação ao ser humano, não nas formas dissimuladas incentivadas pela mídia e citadas no blog, mas como uma medida de controle das massas indesejáveis. Ou de indivíduos indesejáveis.
Imagine quantos seres geniais deixariam de nascer, só porque suas famílias ou grupos sociais ou nações não se enquadram nos padrões aceitáveis ditados pela razão? Só porque eles teriam de passar por imensas dificuldades?
E porquê pessoas medíocres, que tudo têm e nada fazem, seriam os privilegiados por essa seleção criteriosa?
É perigoso intervir em processos que desconhecemos, tanto na origem quanto na finalidade. Só enxergamos o que salta aos olhos, e como é pequeno o alcance da nossa visão...
Lembre-se: O animal que você ama nasceu de um macho e uma fêmea que não foram esterilizados.

Um recadinho: o Adote não doa os peludos e não participa de qualquer parte do processo de adoção, limitando-se apenas a anunciar cãezinhos de protetores que nos contatam, belezinha?
Saiba qual o tamanho de cada porte do cão (pequeno, médio e grande) clicando aqui!

Ops! Ainda não achou seu AUmigo? Veja aqui dezenas de sites de adoção do Brasil!

Esclarecimento

Este blog NÃO quer influenciar pessoas a selecionar e adotar determinadas raças e discriminar outras ou SRDs (sem raça definida). Ele é direcionado para aquelas pessoas que, por um motivo ou outro, já decidiram que querem um cão de raça, e então, a optarem pela ADOÇÃO de um puro ou mestiço e não pela compra.

Saiba mais em "Sobre a gente".