segunda-feira, 20 de abril de 2009

Castração de cães e gatos - não é uma maldade?

Imagem retirada de http://www.ccad.com.br/index.htm. Não, não é. É saúde. Maldade é fechar os olhos para os problemas que a falta de castração está causando aos animais todos os dias: A procriação em massa: cães que estão na rua procriam desenfreadamente. Uma cadela dá cria a meia-dúzia de filhotes, duas vezes por ano. Pelo terceiro ano, soma-se mais de 300 cães nascidos daquele primeiro casal. Castrá-los seria a solução, ajudaria a não aumentar esse grande número de cães abandonados. Ok, resolvemos o problema daquele casal. Mas e o do seu cão ou cadela, que vive na sua casa? Um passeiozinho por semana por aí na rua é o suficiente para seu cão voltar para casa sendo papai ou sua cadela com surpresinhas que serão vistas daqui a algumas semanas. Ah, mas você sempre conseguiu doar os filhotes da sua cadelinha? Que bom, muito bom mesmo, você deve ter uma boa rede de amigos que se interessam pelos filhotes. Mas essa não é a realidade que centenas de cães e seus protetores enfrentam diariamente. Faltam adotantes. Faltam donos responsáveis. Que tal ajudar esses cães abandonados a terem um lar naqueles lares que os filhotes da sua cadela iriam mais uma vez? "Devo cruzar meu cão/minha cadela?", descubra lendo esse texto clicando aqui. As doenças: sim, a castração evita doenças, principalmente cânceres e tumores. [Atualização em set/2009] Veja a foto desta cadelinha com câncer: Além dos cânceres, outra doença é a tal da gravidez psicológica, que de bonitinha não tem NADA. Saiba mais sobre a DOENÇA da gravidez psicológica clicando aqui. Além disso, "fêmeas castradas antes de atingir a puberdade tem o risco de desenvolver câncer de mama reduzido a praticamente ZERO e ficam totalmente livres dos riscos de contrair câncer e infecção de útero e ovário."- leia mais nessa matéria super completa da Cláudia Pizzolato (clique aqui). A ignorância dos donos em relação ao assunto: o seu cão/cadela NÃO GOSTA DE SEXO, ele não procria por prazer, mas por instinto! Tanto que eles apenas procriam quando a cadela está no cio. SE eles tivessem desejo sexual, procriariam com muito mais frequencia, não acha? E sua cadela NÃO SENTE NECESSIDADE DE SER MÃE. Por mais que elas façam lindamente o papel de mãe zelosa após uma cria, igualmente, é apenas seu instinto. A esterilização de seus órgãos reprodutivos não é uma mutilação. Médicos veterinários formados, que aprenderam e que executam esta atividade há dezenas de anos não estão agindo contra a natureza. Pelo contrário. Agir contra a natureza é permitir que os cães sofram com o abandono.
Achar que a CASTRAÇÃO nos animais vai contra os princíprios da vida, é o mesmo que achar que camisinha, pílula ou ligação das trompas também é errado nos HUMANOS!
Não seja hipócrita! A menos que você não use/usará nenhum método contraceptivo e terá mais e mais filhos, pode achar que seus cães também podem ter mais e mais filhotes. Assim como nos humanos, a natalidade dos animais também deve ser controlada. Não fique com pena do seu cão macho, que não deixará de ser macho por ser esterelizado. Macho que é macho assume suas responsabilidades e toma ações igualmente responsáveis. E nem pense em dar pílulas ou injeções em sua cadela. Isso só piora a sua saúde. Cães fujões: quando cadelas estão no cio ou quando machos sentem (à quilômetros de distância) o cheiro de cadelas no cio na rua, seu instinto de fazer o que a natureza está mandando é maior do que qualquer coisa. Sei de casos em que os cães se jogam nas lanças das grades e se ferem profundamente só para poder dar uma escapadinha. Portanto, a castração evita tanto reformas no lindo portão da sua casa quanto fugas inesperadas do seu cão - podendo, além disso, causar uma perda eterna do seu/sua peludo(a). Em macos, além de diminuir as fugas em 94% dos casos, a castração comprovadamente também diminui: E muuuuito, muito mais, que pode ser visto aqui: no post "Mitos e Verdades sobre a Castração de Cães", ou no "Desmitificando a Castração", do site Mãe de Cachorro.
Aqui, outra imagem bem bacana que peguei lá do site do OBAFloripa:
Só não castra quem não se informa. Quer ficar mais esperto sobre o assunto e acabar de vez com idéias erradas sobre isso? Veja todos os posts da Ana Corina sobre castração clicando aqui.
Quem AMA, CASTRA! (clique aqui)
Tradução livre:
Quando você deixa seu animal de estimação trazer animais indesejáveis ao mundo... adivinhe quem paga.
Previna uma ninhada. Esterelize ou castre seu animal de estimação.
Postar um comentário
Um recadinho: o Adote não doa os peludos e não participa de qualquer parte do processo de adoção, limitando-se apenas a anunciar cãezinhos de protetores que nos contatam, belezinha?
Saiba qual o tamanho de cada porte do cão (pequeno, médio e grande) clicando aqui!

Ops! Ainda não achou seu AUmigo? Veja aqui dezenas de sites de adoção do Brasil!

Esclarecimento

Este blog NÃO quer influenciar pessoas a selecionar e adotar determinadas raças e discriminar outras ou SRDs (sem raça definida). Ele é direcionado para aquelas pessoas que, por um motivo ou outro, já decidiram que querem um cão de raça, e então, a optarem pela ADOÇÃO de um puro ou mestiço e não pela compra.

Saiba mais em "Sobre a gente".