Adotar e não comprar?

Adotar e não comprar? Por quê?
Eis aqui vários motivos!

- Porque existem muitos cães precisando de um lar, muitos puros, mestiços ou parecidinhos com os de raça que todo mundo se apaixona. A quantidade de cães que estão à espera de um lar é MUITO superior a lares disponíveis a adotá-los (seja por falta de informação da alternativa da adoção, por preconceito ou qualquer outro motivo). Adotando, você dá um lar a um cão e fará TODA a diferença na vida dele, além de participar da solução desse problema social.


- Porque na maioria das vezes a compra NÃO é garantia de ter um cão de qualidade - eles podem vir com problemas genéticos, principalmente se o criador não tá nem aí para a reprodução responsável. Tem criador que acha que "a natureza é sábia" e que basta colocar 2 cães para cruzar que... voalà!, pode começar a vendê-los - a Camilli explica aqui nesse post que ser criador é MUITO mais complexo do que isso (vale a pena ler os links que ela relaciona).


- Porque aquele filhotinho lindinho-fofo-na-vitrine-da-pet pode esconder por trás uma cruel fábrica de filhotes e a tua compra contribui com essa crueldade (como no caso do Grafite aqui no blog, foto à esquerda ou da denúncia de gatos persas em SC dia 11/fev/2010)."Cada vez que alguém cede ao apelo do “bicho fofinho” sem o devido estudo, contribui para alimentar as chamadas “fábricas de filhotes”. É assim que começa esse pequeno mas consciente artigo da Arca Brasil (clique aqui para ler mais).

[Atualizado em outubro/2010] Aqui no blog Pequeno Grande Cão, uma matéria sobre como funciona a indústria de filhotes (traduzido do progrma da Oprah). Você gosta de yorkshires? Então se imagine na pele de um desses 90 que foram resgatados :(


- Porque ao se preocupar tanto em ter um "cão de raça pura" tu podes acabar comprando gato por lebre, achando que está levando para casa um cão com mais pureza do que os próprios mesticinhos aqui do blog (aliás, se pureza é sinal de qualidade, então Hitler estaria certo??). Todo mundo tem aquele parente ou vizinho que comprou aquele suposto "poodle micro" que depois de meses virou um poodlezão.


- Porque (infelizmente) existe disponível para adoção uma vaaasta quantidade de cães de tudo o que é característica, porte, pêlo, tamanho, temperamento, raça..., isso significa que tu consegues aquele tão sonhado cão, adotando. Tem tantos, que dá para escolher com qualquer nível de critério, aqui no blog ou nesses outros sites de adoção. É uma vida canina salva e uma família humana satisfeita! (e se tu tens dúvida se adotar um cão jovem ou adulto é uma boa, dá uma lida nesse texto aqui).


Preocupado porque vários dos cães para adoção já não são mais filhotes? Pense nas vantagens de se adotar um jovem ou adulto, clique aqui!


Não queremos recriminar a tua possível escolha de querer ter um cão de raça pura nem questionar a importância desse fator sob os teus princípios de vida. Mas, se isso for realmente um quesito para levares para casa um cãompanheiro para toda a vida, POR FAVOR, adquira de um criador decente que respeite a vida de um animal e que não explora e manipula os cães apenas para benefício próprio. Se fores comprar, tenha certeza absoluta de que estarás contribuindo para o mercado de pessoas que criam cães para o melhoramento das raças e não o melhoramento de seu saldo bancário. Leia com atenção esse útil artigo do Mãe de Cachorro e faça sua escolha de forma consciente e socialmente responsável. Não se omita da responsabilidade que também tens ao adquirir os "produtos" desta indústria.


Só aqui no blog, temos mais de 1.000 anúncios de adoção (em fev/2010). Contando apenas em algumas ONGs aqui dessa lista, facilmente esse número ultrapassa os 10 mil cães abandonados na região de Porto Alegre. Sem contar os que estão na rua e nem estão contabilizados ali. Adota e ajuda a diminuir este número!

Bom, estás pronto então para ter mais um membro na família? Sabes como se planejar para isso e o que te espera pela frente? Leia algumas recomendações sobre o quê refletir antes de adotar.

Não acreditas? Achas que é boato de internet? Bom, eu não arriscaria ou "pagaria prá ver".
Aqui tem mais alguns cartazes (clique para ampliar):













Leia também:
Postar um comentário
Um recadinho: o Adote não doa os peludos e não participa de qualquer parte do processo de adoção, limitando-se apenas a anunciar cãezinhos de protetores que nos contatam, belezinha?
Saiba qual o tamanho de cada porte do cão (pequeno, médio e grande) clicando aqui!

Ops! Ainda não achou seu AUmigo? Veja aqui dezenas de sites de adoção do Brasil!

Esclarecimento

Este blog NÃO quer influenciar pessoas a selecionar e adotar determinadas raças e discriminar outras ou SRDs (sem raça definida). Ele é direcionado para aquelas pessoas que, por um motivo ou outro, já decidiram que querem um cão de raça, e então, a optarem pela ADOÇÃO de um puro ou mestiço e não pela compra.

Saiba mais em "Sobre a gente".